Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Prefeito de Iguatu propõe reajuste de 4,17% no piso do magistério

Proposta foi apresentada nesta quarta (23), em mesa de negociação com os trabalhadores.

Escrito por: Redação Confetam/CUT • Publicado em: 25/01/2019 - 13:40 • Última modificação: 25/01/2019 - 13:49 Escrito por: Redação Confetam/CUT Publicado em: 25/01/2019 - 13:40 Última modificação: 25/01/2019 - 13:49

. Representantes do Spumi e da Fetamce participaram da negociação com o prefeito

Dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos de Iguatu (Spumi/CE) e o prefeito do município reuniram-se, na manhã desta quarta (23), durante mesa de negociação da pauta de reivindicações dos profissionais do magistério. Na ocasião, a Administração Pública Municipal anunciou a proposta de 4,17% de reajuste no piso dos professores.

Foram anunciados ainda a progressão horizontal (via não acadêmica) de 3%, descongelamento do anuênio dos docentes, um terço de férias referente aos 15 dias de janeiro para os readaptados, revisão do Decreto 48/2017, reestruturação do PCRM, processos de readaptação, melhores condições de trabalho, etc.

Também participaram da mesa de negociação salarial secretários municipais, dentre eles representante da Secretaria de Educação, a secretária de Política e Organização Sindical da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Ceará (Fetamce), Ninivia Campos, e o presidente do Spumi, Pablo Neves.

Título: Prefeito de Iguatu propõe reajuste de 4,17% no piso do magistério, Conteúdo: Dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos de Iguatu (Spumi/CE) e o prefeito do município reuniram-se, na manhã desta quarta (23), durante mesa de negociação da pauta de reivindicações dos profissionais do magistério. Na ocasião, a Administração Pública Municipal anunciou a proposta de 4,17% de reajuste no piso dos professores. Foram anunciados ainda a progressão horizontal (via não acadêmica) de 3%, descongelamento do anuênio dos docentes, um terço de férias referente aos 15 dias de janeiro para os readaptados, revisão do Decreto 48/2017, reestruturação do PCRM, processos de readaptação, melhores condições de trabalho, etc. Também participaram da mesa de negociação salarial secretários municipais, dentre eles representante da Secretaria de Educação, a secretária de Política e Organização Sindical da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado do Ceará (Fetamce), Ninivia Campos, e o presidente do Spumi, Pablo Neves.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.