Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Deputada Natália Bonavides assume compromisso de abraçar as causas dos municipais na Câmara

Presidenta da Confetam/CUT, Vilani Oliveira convidou a parlamentar para Plenária Nacional da entidade, marcada para o mês de agosto, em Curitiba.

Escrito por: Déborah Lima • Publicado em: 13/06/2019 - 15:38 • Última modificação: 13/06/2019 - 16:00 Escrito por: Déborah Lima Publicado em: 13/06/2019 - 15:38 Última modificação: 13/06/2019 - 16:00

. Deputada Natália Bonavides recebeu a comissão da Confetam e do Suprema em Brasília

A presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) e secretária de Formação e de Política Sindical do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema/CE), Vilani Oliveira, visitou nesta quarta-feira (12), em Brasília, o gabinete da deputada federal Natália Bonavides (PT/RN). A parlamentar recebeu a dirigente, acompanhada dos assessores Dmitri Montenegro e Ivany Almeida, e, após apresentação da pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2019, se comprometeu a abraçar as causas dos servidores públicos municipais brasileiros no Parlamento Nacional.  

"Nós falamos sobre a necessidade de termos uma parlamentar que dialogue com as nossas demandas, que seja porta-voz dos municipais, que a ausência do ex-deputado Arthur Bruno (PT/CE) deixou uma lacuna na Câmara. E ela abraçou a nossa causa. Disse que, com toda certeza, tem disposição de ser essa parlamentar que dialogará conosco", comemorou a presidenta da Confetam/CUT fazendo uma referência ao ex-deputado e professor Artur Bruno, atual secretário do Meio Ambiente do Ceará.

Integrante da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, Natália Bonavides se dispôs a articular a participação da Confetam/CUT nos debates que digam respeito aos servidores e professores do serviço público municipal na Casa. Ela também disponibilizou a assessoria do mandato para acompanhar pautas importantes do Supremo Tribunal Federal (STF), caso a entidade não consiga viabilizar a presença de um representante em Brasília. 

"Considero que foi muito positivo. Nós conversamos sobre a questão do precatório do Fundef, colocando para ela em que pé a questão está, a necessidade de ter um projeto de lei na Câmara Federal que ratifique a questão da subvinculação desses recursos para que 60% sejam destinados aos professores, um dinheiro que não foi repassado no período. E ela se comprometeu a articular isso", conta Vilani Oliveira.

A Comissão da Confetam/CUT e do Suprema tratou ainda da situação das prefeituras, da postura nada republicana da maioria dos prefeitos, da perseguição do Executivo Municipal aos dirigentes sindicais, da prática de assédio moral no serviço público, do descumprimento dos princípios constitucionais da transparência, da legalidade e da impessoalidade, e da importância da defesa da destinação de 1/3 (um terço) da carga horária dos professores para planejamento. Alvo de Ação Direita de Inconstitucionalidade (Adin) movida pelo estado de Santa Catarina, a legalidade do direito já consolidado está na pauta de julgamento do STF. 

"A deputada Natália Bonavides vai abraçar as nossas pautas e ainda sinalizou com a possibilidade de participar da Plenária Nacional da Confetam/CUT, marcada para agosto, em Curitiba", adiantou a presidenta da entidade. A comissão percorreu ainda vários gabinetes para entregar a pauta de reivindicações dos servidores públicos municipais brasileiros aos deputados e deputadas.

Título: Deputada Natália Bonavides assume compromisso de abraçar as causas dos municipais na Câmara, Conteúdo: A presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) e secretária de Formação e de Política Sindical do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema/CE), Vilani Oliveira, visitou nesta quarta-feira (12), em Brasília, o gabinete da deputada federal Natália Bonavides (PT/RN). A parlamentar recebeu a dirigente, acompanhada dos assessores Dmitri Montenegro e Ivany Almeida, e, após apresentação da pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2019, se comprometeu a abraçar as causas dos servidores públicos municipais brasileiros no Parlamento Nacional.   Nós falamos sobre a necessidade de termos uma parlamentar que dialogue com as nossas demandas, que seja porta-voz dos municipais, que a ausência do ex-deputado Arthur Bruno (PT/CE) deixou uma lacuna na Câmara. E ela abraçou a nossa causa. Disse que, com toda certeza, tem disposição de ser essa parlamentar que dialogará conosco, comemorou a presidenta da Confetam/CUT fazendo uma referência ao ex-deputado e professor Artur Bruno, atual secretário do Meio Ambiente do Ceará. Integrante da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, Natália Bonavides se dispôs a articular a participação da Confetam/CUT nos debates que digam respeito aos servidores e professores do serviço público municipal na Casa. Ela também disponibilizou a assessoria do mandato para acompanhar pautas importantes do Supremo Tribunal Federal (STF), caso a entidade não consiga viabilizar a presença de um representante em Brasília.  Considero que foi muito positivo. Nós conversamos sobre a questão do precatório do Fundef, colocando para ela em que pé a questão está, a necessidade de ter um projeto de lei na Câmara Federal que ratifique a questão da subvinculação desses recursos para que 60% sejam destinados aos professores, um dinheiro que não foi repassado no período. E ela se comprometeu a articular isso, conta Vilani Oliveira. A Comissão da Confetam/CUT e do Suprema tratou ainda da situação das prefeituras, da postura nada republicana da maioria dos prefeitos, da perseguição do Executivo Municipal aos dirigentes sindicais, da prática de assédio moral no serviço público, do descumprimento dos princípios constitucionais da transparência, da legalidade e da impessoalidade, e da importância da defesa da destinação de 1/3 (um terço) da carga horária dos professores para planejamento. Alvo de Ação Direita de Inconstitucionalidade (Adin) movida pelo estado de Santa Catarina, a legalidade do direito já consolidado está na pauta de julgamento do STF.  A deputada Natália Bonavides vai abraçar as nossas pautas e ainda sinalizou com a possibilidade de participar da Plenária Nacional da Confetam/CUT, marcada para agosto, em Curitiba, adiantou a presidenta da entidade. A comissão percorreu ainda vários gabinetes para entregar a pauta de reivindicações dos servidores públicos municipais brasileiros aos deputados e deputadas.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.